O Enigma de Kaspar Hauser

O enigma de Kaspar Hauser (Jeder für sich und Gott gegen alle). Dirigido por Werner Herzog, 1974). Este filme narra a história verídica de uma pessoa que foi abandonada numa praça pública num vilarejo da Alemanha no século XIV. Ele passou os primeiros anos de sua vida aprisionado numa cela, não tendo contato verbal com nenhuma outra pessoa, fato esse que o impediu de adquirir uma língua. Porém, logo lhe foram ensinadas as primeiras palavras e com o seu posterior contato com a sociedade ele pôde paulatinamente aprender a falar, da mesma maneira que uma criança o faz. Afinal, ele havia sido destituído somente de uma língua, que é um produto social da faculdade da linguagem, não de sua própria faculdade da linguagem. A sua exclusão social não o privou apenas da fala, mas de uma série de raciocínios e idéias, como por exemplo, o fato de não conseguir diferenciar sonhos e realidade durante o período que passou aprisionado.

veja mais: http://filocinetica.blogspot.com.br/2008/02/kaspar-hauser-e-o-conhecer_17.html